Videobrasil Colecção de Autores

UM OLHAR SOBRE OS OLHARES 

Alex Gabassi (Brasil)

 

À semelhança do anterior ciclo de exposições, o Carpe Diem Arte e Pesquisa expõe mais um  documentário da Associação Videobrasil – Colecção de Autores, desta vez com “Um Olhar Sobre os Olhares de Akram Zaatari”, de Alex Gabassi.

Nos anos de guerra civil no Líbano, Akram Zaatari registou o quotidiano num diário. Explosões, abrigos e, também, aulas na auto-escola e a compra de um carro: “as contradições da vida que continua em áreas de conflito”, diz ele. O diário foi o primeiro contato com a produção de imagens, centrais nos vídeos e nas instalações que faria em seguida. Sua obra, marcada pelas mudanças no país, tem como temas-chave sexualidade, política e história. Primeiro documentário da série Videobrasil Coleção de Autores concebido para DVD, o filme o acompanha em seu país de origem e no Brasil, e traz como extra depoimentos inéditos de alguns dos principais nomes da arte contemporânea libanesa. Zaatari é um activo articulador da nova cena libanesa, marcada por parcerias e multidisciplinaridade.

 

ALEX GABASSI é produtor e realizador independente. Trabalhou durante quatro anos como assistente de realização de Simon McBurney e stage manager na companhia de teatro inglesa Theâtre de Complicité, em Londres. Em 1992, produziu instalações e uma mostra do artista Bill Viola para o Festival de Arte Electrónica Videobrasil. Gabassi realizou também séries e especiais para a MTV Brasil, bem como videoclips para Marisa Monte, Caetano Veloso e David Byrne e Gilberto Gil.

Para a série Coleção de Autores da Associação Videobrasil, realizou o documentário Certas Dúvidas

de William Kentridge (2000) e Um Olhar Sobre os Olhares de Akram Zaatari (2004) e co-realizou Rafael França: Obra como Testamento (2001), com Marco Del Fiol. 

 

Sobre VIDEOBRASIL  Colecção de Autores:

“O pensamento e o processo de trabalho de artistas contemporâneos de relevo na cena internacional estão no centro da série Videobrasil Coleção de Autores, criada em 2000. A cada edição, um novo diretor é convidado a debruçar-se, com uma abordagem autoral, sobre a obra de um artista ou grupo de artistas. São obras que analisam e comentam a produção de artistas fundamentais para a arte contemporânea brasileira e mundial. A Coleção já enfocou o sul-africano William Kentridge, o libanês Akram Zaatari, a cubana Coco Fusco e os brasileiros Rafael França, Chelpa Ferro e Mau Wal (Maurício Dias e Walter Riedweg). O cineasta Karim Aïnouz assina a próxima edição, que será lançada em breve, tendo como mote a obra de Olafur Eliasson.”

 

Site da associação: www.videobrasil.com

 

Organizado em parceria com a Associação Cultural Videobrasil.

 

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago