D.R.A-W com Pedro Vaz

Sábado, 7 Maio, 2016 - 17:00

A PAISAGEM NA AGUARELA

Nesta sessão de D.R.A-W, vamos trabalhar a partir da técnica de aguarela, onde serão desenvolvidos exercícios que pretendem, através da conjugação de vários elementos do desenho e da pintura, clarificar o entendimento da aguarela enquanto prática pictórica. Para tal, serão abordadas noções de composição e questionada a relação da cor com as suas próprias tonalidades. Propõe-se trabalhar com pincel, explorando a mancha, o papel e a suas especificidades.

Pedro Vaz nasceu em Maputo em 1977. Vive e trabalha em Lisboa. O seu trabalho artístico centra-se numa pesquisa em torno da paisagem, maioritariamente em suporte de pintura e instalação vídeo. Interessa-se por levar a cabo uma reflexão acerca do exercício de poder inscrito no cruzamento entre a capacidade de representar do artista e a condição representável da natureza, implicando o que se entende por espaço, lugar e paisagem. O contacto pessoal com o lugar é essencial na sua prática e os seus projectos resultam muito frequentemente de uma expedição. Os projectos a decorrer com a sua participação incluem Pentimento, Anozero Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra e Cápsula, Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa; de entre as exposições agendadas para o futuro próximo destaca-se a participação em Segunda Natureza, MAAT - Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, Lisboa. Pedro Vaz foi apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian no projecto Monólito (2013), bem como em Tour du Mont-Blanc (em conjunto com a Duplacena) apresentado, no contexto do Festival Temps D´ Images, no Museu de Arte Contemporânea do Chiado, Lisboa, em 2014. As mais recentes exposições individuas incluem: Neblina, Galeria 111, Lisboa e Atlântica, Galeria Baró, São Paulo. É licenciado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.

Entrada: 

€7,00

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago