Conversa com Raúl Hevia e Antonio Díaz Grande

Sexta, 14 Junho, 2013 - 18:00

M.U.S.E.A. Modos e Usos Sobre Espaços de Arte

RAÚL HEVIA + ANTONIO DÍAZ GRANDE
Conversa com os artistas > 14 Junho, 6ª, 18h

Apresentação do Projecto MUSEA pelos artistas e discussão sobre o papel do museu na actualidade – extensões, conteúdos e eficácia.


O projecto MUSEA procura colocar em questão o espaço dedicado à exposição e o processo de atribuição de valor ao objecto artístico, através dos receptáculos canónicos fundamentais “museu” e “centro de arte”, transfigurados nesse outro contentor denominado “saco de museu”, por sua vez entendido como um prolongamento natural do “museu-pai” do qual provém.
Neste projecto, cada saco é em si mesmo mais uma sala (portátil), que expande a experiência artística e a determina em função de cada utilizador e do posterior uso que lhe é atribuído, em todas as suas possíveis variações.
MUSEA revê a lógica do sujeito e do objecto, reorganiza a ideia de contentor como máquina de controlo, o estatuto de obra artística bem como as consequências culturais e sociais do utilizador. Propõe esse futuro próximo onde cada um poderá levar o seu museu na mão e mudar o conteúdo segundo critérios aleatórios.
MUSEA é um exercício de tomada de consciência.

//

ANTONIO DÍAZ GRANDE (Santander, 1968) vive e trabalha em Santander. Artista autodidacta cuja investigação artística se centra, principalmente, no espaço privado ou doméstico, nos seus usos e nas personagens que possam transitar, intervir ou gerar actividade sobre ele, modificando-o ou dando-lhe qualquer tipo de sentido. 

RAÚL HEVIA (Oviedo, 1965) vive e trabalha em Santander (Espanha). Doutorando em História de Arte pela Universidade de Oviedo. O seu trabalho desenvolve-se em torno do questionamento dos modos de narração da intimidade, das formas de expressão do eu contemporâneo (o próprio, presente e passado, e os vínculos entre eles) através da fotografa e do vídeo, sublinhando a parte plástica da linguagem escrita e a transposição do verbal ao visual.

Desde 2004 têm vindo a trabalhar juntos em diferentes projectos artísticos. Integram várias colecções internacionais, públicas e privadas, e têm exposto, entre outras, em “Meaning making” (Nova York, Washington, Varsóvia, Bruxelas), 16ª Bienal de Cerveira, nas feiras ARCO, Hot-art Basel ou JustMad. São representados pela Galeria Nuble (Santander, Espanha).

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago