60/3 Concertos Improvisados | Sá, Mourão, Torres

Sexta, 17 Julho, 2015 - 19:00

Adriana Sá | zither + software
Nuno Morão | bateria
Nuno Torres | saxophone alto

 

O trio segue uma partitura sua que propõe um percurso musical lento com contrapontos de acontecimento imprevisto, no cruzamento e contaminação entre fontes analógicas e digitais, na procura da atenção individual em resposta ao avanço de um tempo finito, na variação de combinações entre as diferentes fontes sonoras.

Adriana toca zither e um software pessoal, que gera complexidade sonora com base na detecção do pitch da zither. Os sons acústicos e digitais por vezes convergem em uníssono, e outras vezes divergem com direcções independentes. Adriana acentua cromatismos e timings subreptícios, evitando desenvolvimentos fáceis.

Torres com percurso na pesquisa do saxofone, com foco na exploração de uma ampla gama de material sonoro através da utilização de técnicas extensivas. A amplificação do som é aqui matéria fundamental no recorte e detalhe do espectro do instrumento.

Morão, percussionista e baterista envolvido em variados projectos na área da música livre, experimental e jazz, desenvolve também um percurso como sonoplasta, director e professor de som, sobretudo em áreas como o cinema documental e os audiolivros. 

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago