Javier Peñafiel

Monólogo jardim, palácio polifonia de Javier Peñafiel (Espanha)

Em Monólogo jardim, palácio polifonia o artista Javier Peñafiel investiga a memória pessoal e colectiva que habita o Palácio do Marquês de Pombal. Uma investigação inicial baseada em conversas com pessoas que vi- veram uma experiência no palácio e também na revisão de documentos antigos. Nesta obra em vídeo, intitulada Monólogo jardim, palácio polifonia, a actriz Rita Só dá voz a pessoas reais e ficcionais através da leitura de cartas, de depoimentos orais e de fragmentos de textos antigos (iluministas), resultando num documento de investigação – meio ficcional, meio documental, onde não se sabe o que é verdade e o que é mentira. Como nos lembra Orson Welles, “nem tudo é verdade”. E é deste princípio que parte o artista Javier Peñafiel ao construir sua obra. 

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago